Irrigador - Bolsa para Enemas

Intestino limpo, vida leve e saudável

R$ 78,00

À vista (Depósito / Transferência)
com 4% de desc. por R$ 74,88

CALCULAR

DESCRIÇÃO

          A irrigação, lavagem intestinal ou enema colônico é um método de limpeza e reeducação do cólon que respeita a fisiologia do órgão.  Estimulando e regularizando o peristaltismo, este tratamento consegue uma diminuição notável da prisão de ventre, cólicas, inchaços do ventre e inflamações da mucosa e dos órgãos próximos. 

          O processo envolve essencialmente a inserção de água de boa qualidade, acompanhada de uma suave massagem no ventre.  Remove das paredes do intestino os resíduos e toxinas acumulados, permitindo absorção mais efetiva dos nutrientes e o reequilíbrio da flora intestinal.

          O tratamento de irrigação do intestino tem efeito imediato em quase todo o corpo.  Traz sensação de leveza e bem-estar, descongestionando a zona pélvica e melhorando a circulação sanguínea nas pernas.  Essa limpeza é conhecida desde a antiguidade, sendo bem conhecidos seus efeitos no alívio da constipação, febre, resfriado, dores de cabeça, refluxo, distúrbios sexuais, vômito, dor na parte inferior das costas, rigidez e dor no pescoço e nos ombros, distúrbios nervosos, hiperacidez e cansaço.

          O intestino limpo promove beleza, saúde, produtividade e tranqüilidade.  Graças à ação de reidratação, a irrigação do cólon reativa a desintoxicação celular, estimulando a eliminação de toxinas e acidez pelos rins, sistema linfático e pele.  Promove também o fortalecimento das defesas imunológicas, 50% das quais estão situadas no intestino.

          Com a realização de uma série de limpezas do cólon pode acontecer a perda de peso e volume do ventre por conta da matéria inútil que é eliminada do cólon e reversão da distensão abdominal.  Por ser um método natural, é extremamente confiável e mais recomendado que o uso de laxantes, cujos ingredientes ativos podem ser tóxicos e irritantes para o organismo. 


          O intestino grosso ou cólon desempenha diversas funções no organismo, como a reabsorção de água e também das vitaminas e minerais necessários para o organismo.  A flora intestinal é a responsável pela produção de vitaminas do complexo B.

          Devemos evacuar o mesmo número de vezes que nos alimentamos no dia.  Caso este não seja o seu caso, saiba que seu intestino está acumulando dejetos que prejudicam o bom funcionamento de todo o organismo.  O estado de saúde só pode ser conquistado a partir de um cólon limpo, pois, caso contrário, manteremos uma potente fonte de toxicidade dentro de nosso próprio organismo.  Um cólon obstruído provoca mau humor, irritabilidade, mal-estar e diversos outros problemas.  O processo de limpeza ou irrigação do cólon elimina dejetos acumulados e impregnados em suas paredes que, além de ocasionar a instalação de bactérias nocivas no intestino, podem vir também a obstruir o correto fluxo intestinal.

          A limpeza do cólon tem extrema importância para a eficácia do processo da limpeza do fígado.  De acordo com Andreas Moritz, a irrigação do cólon é o meio mais abrangente de se preparar para a limpeza hepática, já que a congestão do cólon pode evitar a abertura correta da vesícula, causar náuseas e refluxo da mistura de azeite, impedindo a evacuação dos cálculos biliares.

SAIBA MAIS

INDICAÇÕES

          A irrigação de cólon pode ser feita sempre que se sinta necessidade, para eliminar o desconforto de constipação, febre, resfriado, dor de cabeça, vômito e inúmeros outros estados de saúde que podem ser melhorados ao restabelecer o bom funcionamento dos intestinos.   Pode ser feita semanalmente pelas pessoas que têm constipação crônica, até que sintam que o cólon esteja limpo.  Pode ser feita quinzenalmente ou mensalmente como manutenção do cólon limpo.

          Para os que estejam fazendo o processo de limpeza do fígado, a limpeza do cólon deve ser feita antes e depois de cada limpeza.  Nos dias que antecedem a limpeza, a irrigação colônica é importante para evitar ou minimizar qualquer desconforto que possa surgir durante o processo e para que o cólon esteja desobstruído para eliminar rapidamente os cálculos liberados.

          A remoção dos cálculos do fígado e da vesícula pode deixar alguns resíduos tóxicos no cólon, que não devem ser deixados para trás.  Por isso, depois de cada limpeza do fígado é indicado fazer o enema em um dos próximos 3 dias.  É importante lembrar que, caso não seja possível fazer a irrigação de cólon, deve-se suspender a limpeza de fígado e vesícula.

          Indivíduos que tenham o cólon muito congestionado ou um histórico de constipação persistente deverão considerar a realização de pelo menos duas a três limpezas de cólon, uma por semana, antes de sua primeira limpeza de fígado.

          Para os que têm obstrução intestinal, tais como adesões pós-operatórias e hérnias, a limpeza do fígado não deve ser realizada.

          O novo livro de Andreas Moritz, “Limpeza do Fígado e da Vesícula – Edição Revisada e Ampliada” traz um novo capítulo sobre a Limpeza do Cólon e sua importância.

MODO DE USAR

          A limpeza deve ser realizada com água de boa qualidade, sem cloro, colocando-se o irrigador a uma altura aproximada de 1 metro acima do local onde se deitará, gerando assim uma pressão adequada da água.  Deve-se deitar de barriga para cima com os joelhos dobrados ou sobre um dos lados do corpo, com a perna de cima dobrada.

          Colocar a maior quantidade de água possível (até 2 litros) deixando-a agir por alguns minutos para dissolver os resíduos até o momento de evacuar.  

          Promover uma suave massagem na barriga, levando a água para diferentes regiões do cólon, e assim multiplicando por dez o efeito da irrigação.  Melhora a sensação de conforto, libera tensões e contrações do baixo ventre e restabelece a circulação energética nessa região.


PASSO A PASSO

Como realizar a limpeza do cólon

 

1. Lave a cânula anal com água e sabão.  Prenda-a ao final da mangueira e feche o registro.

 

2. Rosqueie a base da mangueira ao fundo da bolsa.

 

3. Encha a bolsa com água sem cloro.  Se preferir, pode-se aquecer levemente a água, deixando-a na temperatura do corpo.

 

4. Pendure a bolsa a uma altura mínima de 60 cm do chão (na maçaneta da porta ou no toalheiro do banheiro, por exemplo).

 

5. Estenda uma toalha ou manta no chão do banheiro, perto do vaso sanitário, e deixe um pequeno travesseiro por perto.

 

6. Deite-se de barriga para cima com os joelhos dobrados, ou sobre um dos lados do corpo com a perna de cima dobrada, encontrando uma posição confortável e repousando a cabeça no travesseiro.

 

7. Lubrifique bem a cânula, a abertura do ânus e a área ao redor com azeite de oliva, manteiga, gel de aloe vera ou óleo de coco.

 

8. Insira a ponta da cânula gentilmente no ânus, sem forçar.

 

9. Abra o registro para que a água flua até o reto.  Se o fluxo de água for muito rápido, provocando cólica repentina, diminua a velocidade fechando o registro pela metade ou mais, até passar o desconforto. 

 

10.  O fluxo pode ser interrompido quando você sentir que precisa evacuar.  Procure não ceder de imediato à vontade de ir ao banheiro.  Se a sensação desaparecer, pode-se aumentar a quantidade de água.  Quanto mais profunda for a limpeza do cólon, melhor.

 

11. Mantenha a água dentro do corpo por alguns minutos. Deitar do lado direito geralmente ajuda a levar a água à parte superior do cólon com mais facilidade.

 

12. Feche o registro por completo quando notar que a bolsa está vazia e remova a ponta da cânula do ânus.

 

13. Descanse massageando gentilmente o abdômen.

 

14. Você pode sentir que os intestinos começarão a funcionar.  Quando necessitar sentar no vaso, verá que a evacuação será imediata, aquosa no início e depois mais sólida.

 

15. Lave a ponta da cânula e a bolsa com água quente e sabão, esfregue e deixe secar.

 

Repita todo o processo se sentir que não removeu toda a matéria fecal do cólon.

 

          Os enemas têm um melhor resultado se realizados de manhã, logo após a primeira evacuação do dia.  Se a evacuação matutina não for possível, ao final da tarde (antes das 17h30) também é um bom momento.  Caso sofra de constipação crônica, pode ser necessário preparar o cólon para o enema tomando um laxante leve, como Colosan ou Sais de Epsom, na noite anterior à lavagem.

          Para as limpezas de cólon relativas ao método de Limpeza do Fígado e da Vesícula, seguir os horários recomendados no livro.

         

PASSO A PASSO

FICHA TÉCNICA

Conteúdo Irrigador de plástico dobrável, mangueira, registro e uma cânula anal

Capacidade do Irrigador 2 litros

Peso total com embalagem 140g

Dimensões com embalagem 17cm x 16cm x 5 cm

Procedência Espanha

AVALIAÇÕES

Karla Mattos

super prático

Recebi indicação medica de fazer a Limpeza de Figado, e sou profundamente grata a esse método descrito no livro do Andreas Moritz, pois ao aprender a fazer a limpeza do figado, acabei aprendendo também a fazer a limpeza do cólon, e o que eu achava que seria algo dificil foi ultra simplificado com o uso desse irrigador que comprei aqui. Funciona perfeitamente, e me auxiliou muito. A capacidade é otima (2 litros) e também o fato de ser maleável - facil de dobrar e guardar.

Monalisa

Sabedoria dos antigos

Este produto é muito conhecido entre as pessoas de mais idade, muito usado antigamente e até hoje pela Ayurveda na Índia. Eu uso no processo da limpeza do fígado, mas pode ser também utilizado separadamente. É muito bom para prisão de ventre, tenho uma colega que sempre leva em viagens. Acho de fácil utilização, pois tem uma mangueirinha onde você pode regular o fluxo de água. Uso e recomendo.

Karin

Excelente

Excelente produto, já utilizei várias vezes para fazer enema na limpeza do fígado e é muito bom, fácil de usar, material resistente, anatômico, a mangueirinha tem uma válvula de abrir e fechar que facilita muito quando é necessário defecar durante a irrigação do cólon.

Luciana Carvalho

Limpeza profunda

Para se fazer uma limpeza completa do colon é imprescindível o uso do irrigador. Coloco uma água na temperatura do corpo (de mamadeira de nenê) no irrigador e deixo o máximo de tempo a água dentro do cólon para a limpeza ser profunda e eficaz. Após o uso a sensação de limpeza e leveza é impressionante. Siga as instruções descritas acima e todo o procedimento para a limpeza do fígado que é encontrado no livro da Limpeza do Fígado do Andreas Moritz.

Produto: